+
ico-maispiordebom-regrasico-maispiordebom-noticiasico-maispiordebom-duvidasico-maispiordebom-chatico-maispiordebom-descontracaoico-maispiordebom-aulasescolaresico-maispiordebom-receitasico-maispiordebom-celularico-maispiordebom-jogosappsjavaico-maispiordebom-assistirfilmesanimesico-maispiordebom-tutoriaisico-maispiordebom-bibliaico-maispiordebom-protetoresdetelaico-maispiordebom-papeisdeparedeico-maispiordebom-musicasico-maispiordebom-emuladoreseronsico-maispiordebom-nintendoico-maispiordebom-sonyNOME_ICONEico-maispiordebom-jogosflashico-maispiordebom-webdesignerico-maispiordebom-hardwareico-maispiordebom-sistemasoperacionaisico-maispiordebom-downloadico-maispiordebom-cubeecraftico-maispiordebom-espacomulherico-maispiordebom-horoscopoico-maispiordebom-fisioterapiaico-maispiordebom-medicinaico-maispiordebom-esportes

Ninguém Beija Como as Lésbicas!



"A pior desgraça para a criatividade, as emoções e os prazeres é o preconceito." Olivetto. 

Inicio este artigo de forma polêmica, se até o final do artigo isso não se tornar algo pornográfico não digo nada! 
Hoje muito se fala e se crítica a respeito das lésbicas, e suas formas de divertimento. 
O sexo é uma saída para diversos tipos de emoções, tristeza, afogamento de magoas, comemoração, conquista ou pura e naturalmente Sexo, ou em outras palavras, é um verdadeiro Parque de Diversões.  Assim como há diversas razões de se praticar, o coito, há diversas formas de fazê-lo, a partir dai adentramos nos antigos dizeres Masoquismo e Sadismo ou Atos Sadomasoquistas. Para os que generalizam tudo o que veem pela frente é apenas exploração do prazer pela dor, para o que interpretam e muito mais do que isto. 

O sexo lésbico, é algo a ser visto com outros olhos, não mais com o crivo que existia nos anos 40 / 50 e afins, a sociedade evoluiu, a mente e as formas como tudo deve ser visto vem evoluindo a cada dia. Imaginar que uma mulher morde a outra, soa com a outra ou simplesmente chupa a outra – deixo livre ao pensamento de vocês este chupar - é algo que a anos atrás não poderia nem se quer pensar na hipótese, tal qual era o preconceito que se existe, e existe ainda só não tão impactante quanto eram nos lindos anos de 1940 – época da sociedade conservadora. 

A curiosidade das mulheres em serem tocadas por outras mulheres é o que faz toda a diferença, não é por que se está executando coito com uma outra mulher que necessariamente você é gay/ lésbica ou afins, a curiosidade é o principal foco de tudo. Embora já tenhamos nascido com a sexualidade pré-definida do que seremos, as curiosidades que surgem no decorrer do percurso de evolução e desenvolvimento psicológico, financeiro/econômico, (também chamado de vida), nos faz ter diversos tipos de curiosidades. E na mulher o que vem crescendo bastante é o estar na cama com outra mulher. Muitos e muitas acham isso extremamente sádico, outros já veem com outra visão (suruba) e os que veem como algo curioso e bonito de ser observado, duas mulheres, lindas, nuas, na cama despojando prazer uma da outra, tocando, deliciando-se uma do corpo da outra e o prazer exalando prazer, vontade pedindo bis, e os corpos pedindo mais. 

Há muito preconceito a respeito do sexo, não pode isso não pode aqui, não se faz isso não se faz aquilo, quando o mais importante que é dar prazer e receber prazer acaba caindo no esquecimento de tantos que são os preceitos que dizem existir e que "devem" ser cumpridos. O sexo é como uma terapia, o orgasmo é o resultado alcançado pela eventual terapia executada. 

Deixe o seu comentário:

Poste aqui seu comentario se gostou do post acima!

Topo da pagina.